11 coisas que aprendi criando plantinhas

Ganhei um manjericão e um tomilho do André, o “jardim” que ele tinha na outra casa me dava orgulho e a ideia de poder criar comida em potes de terra mexia comigo (!).

A verdade é que não comecei muito bem, o manjericão tava sempre amarelado, meio capenga, e o tomilho que exibia lindas tranças parecia mais uma avenca do que tomilho mesmo, porque no dia que o transplantei fiz isso de modo muito desajeitado e deixei as raízes na diagonal e não na vertical (a planta está completamente torta no vaso).

Mas aí um belo dia (era belo mesmo, solzão e ventão) a Mar resolveu plantar as raízes das cebolinhas. Nem a gente acreditava que daria tão certo. Em duas semanas, lá estavam elas: lindas. cebolosas. verdinhas. A partir daí, entrei numa nova fase da relação com as plantinhas!

E eis o que aprendi com elas:

  1. Virei uma pessoa que remexe no lixo orgânico ou reciclável fala “Não podemos jogar esta preciosidade fora!”

giphy (3)

2. Entendi porque minha mãe fala com as plantinhas

3. Entendi porque minha vó fica toda exibida querendo mostrar as plantas dela

WhatsApp Image 2017-12-11 at 09.33.22 (1)

Vivo publicando no stories

4.Descobri que algumas plantas bebem água por baixo (“regando” o pratinho)

5.Fiquei sabendo que existia grupos de plantas e hortas no Facebook

6. Nesses grupos basicamente existem dois tipos de publicações: 1) Alguém mostrando como a plantas delas tá bonita/feia e 2) As pessoas perguntando que planta é aquela que tá crescendo na horta delas!

queplantaeessa

7. Aprendi que as plantas tem um tempo diferente do nosso (e isso me ajudou com a ansiedade)

8. Depois passei a reparar que as plantas também têm tempos diferentes entre si

9. Passei a gostar de crianças porque se elas estão com problemas elas choram e avisam o que tá acontecendo de errado (dia desses eu perguntei pro manjericão o que estava fazendo de errado com ele)

10. Aquela frase de mãe “Eles crescem rápido” passou a fazer sentido

WhatsApp Image 2017-12-11 at 09.33.22 (3)

Coentros crescendo rápido demais

11. Não parece ser muito importante a posição que você deixa a terra no tomilho. (acho que não vale para outras plantas) 

WhatsApp Image 2017-12-11 at 09.33.22

O importante é que ele é delicioso!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s