31 músicas para conhecer os músicos do FICA

O Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, o #FICA2015, está aí! E a discussão sobre o fim das apresentações nacionais, a união desvariada de Secretarias estaduais e o corte de verbas públicas  – não só para este mas para toda a programação cultural em Goiás – quase apagou a imagem que o FICA tenta trazer a tona: a produção audiovisual sobre o meio ambiente, oras!

Se há males que vem para bem talvez o FICA, e a produção regional, foram “vítimas” agraciadas com a ~crise~ (de um dos países que mais cobram impostos no mundo). Esse ano todas as apresentações musicais são de artistas regionais! Maravilhoso, não? Para os artistas um palco com público do mundo todo. E o público conhece o que Goiás tem de bom!

Continuar lendo

Anúncios

Cantos de Goiás: 4 músicas para conhecer a Cidade de Goiás

Você sabe onde fica Goiás?  A casa do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, o FICA, tem sua paisagem radicalmente modificada durante o  festival que este ano realiza sua 17º edição no dia 16 de agosto.

Nos dias que antecedem o FICA gente de todo estado, do Brasil e do mundo (!) começam a arrumar suas mochilas rumo à Cidade de Goiás – nascida Arraial de Sant’Anna e crescida Vila Boa de Goyaz. A cidadezinha é tão encantadora que além dos poemas de Cora Coralina inspiraram também vários artistas em suas canções.

O Cantos preparou um lista enquanto você arruma sua mala para ir conhecendo (ou lembrando) um pouco da antiga capital do estado de Goiás e sua Serra Dourada, seu Rio Vermelho,  sua  Cora, suas ruas de pedras e seus farricocos.

Continuar lendo

Cantos de Goiás: 13 músicas para aflorar seu lado goiano

Morar em Goiás é uma experiência singular: nós não temos mar, mas o céu é bonito para velejar. O sol daqui é de fazer o sonho ferventar. Goiânia, ~reconhecida~ por ser a cidade que mais exporta sertanejo-industrializado, na verdade tem toda variedade de som: desde o rap que visibiliza as dificuldades de morar numa capital, até o som pesado que ecoam nos festivais de rock. Sempre marcado, é claro, pelas cordas de violas e violões, da música caipira e popular goiana. Independente da vertente musical a certeza é que ser goiano tá no sotaque, na pele queimada do sol, no coração e na música!

O Cantos de Goiás na infindável curiosidade de descobrir a música goiana se une com o #Toc para mostrar o que Goiás tem de bom. Iniciando de leve, vamos aflorar nosso lado goiano, e temos percebido: não precisa nascer em Goiás para se deixar atravessar por sua música 😉 Para começar um versim de Cora. Bora lá?

Meti o peito em Goiás e canto como ninguém. Canto as pedras, canto as águas, as lavadeiras, também.

Continuar lendo

9 Animais fofinhos que você vai querer esmagar na sua cara.

giphy 1 – Seria uma heresia fazermos esta lista sem os gatos, porque mesmo eles sendo psicopatinhas à espreita, eles continuam fofos o suficiente para me fazer sofrer para escolher um único(!) gif para representa-los.

giphygua 2- Além do nome bem camarada, os guaxinins são fofos porque são praticamente gatos com mãos. Sempre sorrateiros, tentando roubar a ração de algum gato ou cachorro desavisado, tirando que essa barriguinha gorda deve ser um ótimo travesseiro.

Continuar lendo

#Toc Queridas de 71

Luiza, por que você escolheu fazer uma lista com as músicas queridas do ano de 1971?

 Não foi pelo EP’s lançados pelo Novos Baianos, também não foi pelo Jardim Elétrico dos Mutantes, nem pela Construção do Chico ou Não quero dinheiro do Tim e nem Gilberto Gil do Gil. Não foi por causa do lançamento de Gal, Fa-tal, também não foi pela produção do incrível Transa, do Caetano. Então foi por causa do Led Zeppelin? Black Sabbath? The Doors? Pink Floyd? Janis? Rolling Stones? Óh céus, não!

Foi só uma escolha aleatória de ano que me deixou com o coração na mão por escolher apenas UMA música querida deste ano, que deu um gostinho do que estava por vir nos 70. A música dessa década, que teve concepção lá em Woodstock,  nasceu ultrapassando o inteligível, mexendo com os sentidos, com o proibido, com o desconhecido, e aí, véi… é se jogar!

 Deguste. Com os ouvidos, com o coração, com as entranhas.

Se liga na escolha de cada um:

Dê um rolê – Luiza

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos – Fernando

Imagine – Natália

The Battle of evermore – Manuela

Asa Branca – Jair Paulo

(O André é mais vanguardista e prefere músicas mais atuais – na verdade ele está incrivelmente ocupado com os projetos lá no Timor Leste)